tela de fundo Menu SuperiorHomeMapa do SiteContatoÁrea Restrita  
CESP - Companhia Energética de São Paulo
Índice de Energia Elétrica - IEE  BM&FBOVESPAGovernança Corporativa  BM&FBOVESPABureau Veritas Certification - Líder Mundial em Certificações - ISO 9001 Certificação ISO 9000 Produtos Qualidade Treinamentos Cursos
A Empresa                      
Clientes e Fornecedores    
Código de Conduta e Integridade     
Fale Conosco                
Inversionistas             
Investidores                
Investor                       
Meio Ambiente              
Notícias                       
Página Principal           
Pesquisa & Desenvolvimento
Políticas Empresariais     
Servicos                       
Sustentabilidade
Destaques

Comunidade
Ouvidoria
Publicações
Destaques
  
  
Página Principal»Unidades de Conservação
A implantação de unidades de conservação é um dos requisitos do processo de licenciamento ambiental de empreendimentos com significativo impacto ao meio ambiente. A criação e instalação dessas unidades atende ao disposto no Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), descrito na lei número 9.985, de 18 de julho de 2000. O SNUC prevê que o investimento em unidades de conservação seja de, no mínimo, meio por cento dos custos totais previstos para a implantação do empreendimento.   Os objetivos do Programa de lmplantaço de Unidades de Conservação da CESP so basicamente: contribuir proteção dos ecossistemas típicos da região: conservar a e flora, principalmente as espécies raras, endêmicas (típicas ecossistema regional) em perigo ou ameaçadas de extinção; contribuir para a manutenção da diversidade genética propiciar pesquisa científica, educação ambiental e recreação.
No quadro abaixo, h um resumo das dimensões cada reserva implantada pela CESP com o empreendimento a que se refere.
     
Unidades de conservação
Área (ha)
Usina hidrelétrica
Data do decreto
Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (MS)
73.345,15
Uhe Eng. Sergio Motta
17/12/1998
Parque Estadual do Aguapeí (SP)
9.043,97
Uhe Eng. Sergio Motta
02/07/1998
Parque Estadual do Rio do Peixe (SP)
7.720,00
Uhe Eng. Sergio Motta
22/02/2005
RPPN Cisalpina (MS)
6.261,75
Uhe Eng. Sergio Motta
-
RPPN Foz do Aguapeí (SP)
13.953,79
Uhe Três Irmãos
-
Total
110.324,66
     
Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema
Parque  Estadual das Várzeas do Rio IvinhemaLocalizado nos municípios de Naviraí, Taquarussu e Jateí primeiro parque criado no estado de Mato Grosso do Sul. Os varjões do Parque do lvinhema compreendem o último trecho livre, represamento, do rio Paraná. uma área de inundações periódicas, protege refúgios de espécies animais e vegetais do cerrado floresta estacional. O plano de manejo do parque foi concluído em A infra-estrutura para garantir a integridade do ecossistema e atender a visitantes e pesquisadores está sendo implantada.
Semestralmente so repassados recursos à instituição gestora do parque para serem utilizados em sua manutenção. A situação fundiria está em fase final de regularização. As propriedades adquiridas pela CESP para a formação do parque estão sendo doadas estado de Mato Grosso do Sul.

Parque Estadual do Aguapeí
Parque  Estadual do Aguapeí 01Fica a aproximadamente 10 quilômetros da confluência dos rios Aguapeí e Paraná. Sua área total inclui terras nos municípios de Castilho, Nova Independência, Guaraçaí, So João do Pau «Alho, Monte Castelo e Junqueirópolis (SP). Apresenta grandes extensões de várzeas, sendo uma região alagada durante as estações de chuvas, quando as águas do rio transbordam e inundam as áreas adjacentes s margens.
Parque  Estadual do Aguapeí 02 É muito comum encontrar nesse ambiente animais típicos do pantanal sul-mato-grossense e de áreas alagadas. Entre esses animais estão tu iuiú, cabeça-seca, joão-grande, colhereiro, garça-branca-grande, garça-branca-pequena, marreca, bigu e o tacha. Também so encontrados capivara, anta e cervo-do-pantanal.
O cercamento do perímetro do parque foi concluído e as demais obras de infra-estrutura serão iniciadas após a elaboração do plano de manejo.
Parque  Estadual do Aguapeí 03Por meio de convênio entre a CESP e o Instituto Florestal do estado de So Paulo so repassados recursos que serão gastos na administração e manutenção dos Parques Estaduais do Aguapeí e do Rio do Peixe. Além disso, foram doados tratores, caminhonetes, barcos de alumínio, motores de popa, carretas para transporte de barco, motos, dois kits de combate a incêndio e equipamentos especiais para uso do sistema Global Position System (GPS).
A situação fundiria esta regularizada e as propriedades adquiridas foram doadas ao estado de São Paulo.
Parque Estadual do Rio do Peixe
Parque  Estadual do Rio do PeixeLocalizado nas várzeas do rio do Peixe, nos municípios de Ouro Verde,  Dracena, Presidente Venceslau, Piquerobi, Junqueirópolis e Santo Anastcio(SP), as áreas do Parque foram declaradas de utilidade pública em 2005.

O objetivo principal do parque é conciliar a proteção integral da flora, da fauna e das belezas naturais com sua utilização para fins educacionais, recreativos e científicos. Suas características naturais so muito semelhantes às do Parque Estadual do Aguapeí.

O Parque Estadual do Rio do Peixe foi dimensionado originalmente com 7.720,00 hectares como compensação pela impIantaço da Usina Hidrelétrica Engenheiro Sergio Motta. A sua situação fundiria ainda no está regularizada e as propriedades a serem adquiridas serão doadas ao estado de São Paulo.

Reserva Particular do Patrimônio Natural Cisalpina
Reserva  Particular do Patrimônio Natural Cisalpina 01Trata-se da área de confluência dos rios Verde e Paraná, no município de Brasilndia (MS). Ë uma extensa várzea inundada periodicamente na época das chuvas, com um complexo sistema de lagoas, córregos e canais interligados entre si e ao canal do rio Paraná. Seus 6.261,75 hectares formam um ambiente fluvial que no passado sofreu abandono gradativo e conseqüente ressecamento motivados por processos climáticos e geológicos. Isso provocou um deslocamento da calha principal do rio Paraná para a margem esquerda. Devido a esse fato, é possível identificar na paisagem da reserva, antigos canais utilizados pelo rio Paraná que remontam a um período de 10.000 a 40.000 anos.

A RPPN Cisalpina tem sua situação fundiria totalmente regularizada. Esta com todos seus limites cercados e conta com fiscalização ostensiva, O seu plano de manejo está em fase final de elaboração.

     
Reserva  Particular do Patrimônio Natural Cisalpina 02     
Reserva Particular do Patrimônio Natural Foz do Aguapeí
Reserva  Particular do Patrimônio Natural Foz do Aguapeí São 13.953,79 hectares localizados na foz do rio Aguapeí  e na Ilha Comprida, nos municípios de Castilho, So João do Pau DAlho e Paulicéia (SP). Apresenta grandes extensões de várzeas  e uma fauna adaptada aos ciclos de seca e cheia, como é o caso do cervo-do-pantanal.

A área dessa reserva é anexa ao Parque Estadual do Aguapeí, apresentando as mesmas fisionomias de fauna e flora existentes naquele parque.


Busca no Site
  
  páginasoutros
Comercialização de EnergiaLeilão de Energia Elétrica

LicitaçõesPainel Licitações
Regulamento do Pregão

Regulamento de Licitações e Contratos Lei n. 13.303/2016

A Empresa | Clientes e Fornecedores | Código de Conduta e Integridade | Fale Conosco | Inversionistas | Investidores | Investor | Meio Ambiente | Notícias | Página Principal | Pesquisa & Desenvolvimento | Políticas Empresariais | Servicos | Sustentabilidade